Im.pulsa

Blog

A campanha chegou ao fim, mas ainda temos muita caminhada pela frente!

Por Evelyn Gomes

 Se você foi eleita, parabéns!

Se não, parabéns também!

Sabemos que foram muitos dias de dedicação. Não só dias, mas tardes e noites de intenso trabalho e com a vida colocada em um só foco: 15 de novembro. 

Nessas últimas semanas tudo se intensificou: medos, conflitos, coragem, vontades, amores… tudo isso somado à privação de sono e descanso. Para quem não estava em uma campanha majoritária que tenha segundo turno, toda essa agitação de trabalho infinito terminou. Mas, como começar essa nova fase, mesmo sabendo que ainda há pagamentos finais, prestação de contas, comitê para desarrumar, casa para arrumar, diálogos para fazer, os acordos feitos que precisam ser conversados novamente e um futuro todo pela frente?

Se eu tivesse aí perto de você, eu prepararia uma bacia com água quente, sal grosso, camomila, pétalas de rosas e colocaria seus pés dentro. Eu te convidaria a fazer algumas respirações profundas junto comigo, observando o ar entrar, o ar sair, o ar que entra por suas narinas, o ar que sai pelas suas narinas. Eu ia sugerir para, na sequência, você inspirar profundamente pelo nariz, depois soltar o ar com bastante força fazendo barulho pela boca, e repetir isso por algumas vezes. 

Uma avalanche aconteceu em você nesses últimos dias. Agora, meu convite é para você soltar tantas coisas que estão aí dentro presas, que não tiveram tempo de serem digeridas e processadas. Você pode ir processando isso com uma xícara de chá de camomila, lavanda e calêndula, aproveitando o silêncio.

 

Como é se encaixar na sua vida após tudo o que foi vivido?

 

  • Se puder, viaje, desconecte-se por um dia inteiro ou por algumas horas. Desligue seu celular e tente ir para a observação. Vale observar o teto, uma flor ou seu animal de estimação. Fazendo isso você vai ajudar a sua mente a compreender que a fase da campanha terminou, que agora é outro momento e é preciso achar esse novo ritmo interno;
  • Pegue um papel em branco, um lápis ou uma caneta e comece a rabiscar. Rabisque por uns dois minutos sem parar e depois solte a caneta. Faça isso sempre que a mente estiver confusa, rabisque sua confusão e olhe para ela.
  • Caderno e caneta: deixe essa dupla ao seu alcance a todo momento e escreva, escreva de qualquer jeito o pensamento que lhe vem em mente, se vier outro pensamento atropelando já escreva este outro também. Escreva sem preciosismos, deixe sair da mente e virar escrita, depois não precisa reler (é um lixo mental), queime (com cuidados devidos) ou rasgue, jogue fora! Deixe sair, sem crítica nem medo, apenas sair.
  • Camomila, aquela florzinha bem pequena e barata, tem um poder de acolhimento gigantesco. É aquele chazinho de vó, que você pode fazer ao longo do dia ou separar uns minutos de seu dia para ele. Olhe para o nada e tome uma xícara de chá.
  • Manjericão, aquela erva que fica maravilhosa na pizza marguerita, tem um poder de acalmar, além de ser ótimo para o sistema digestivo. Faça um chazinho com 10 folhinhas. Ah, também é ótimo para fazer um banho: ferva 1 litro de água, desligue o fogo, coloque as folhas e tampe por alguns minutos, depois misture com uma água em temperatura ambiente até ficar morna, tome seu banho como de costume e, ao final, derrame desde a cabeça essa água morna com manjericão.
  • Óleo de coco, sim ele, depois do banho ou durante o banho também é uma ótima pedida. Vá passando devagar em seu corpo fazendo uma automassagem e observando como cada membro e cada músculo seu está nesse momento. Se estiver frio na sua cidade, o melhor é trocar pelo óleo de gergelim, mas se não tiver fácil, vai com o óleo de coco mesmo.
  • Como anda sua alimentação? Esse é um bom momento para você olhar para as comidas que tem em casa, pedir para alguém ir com você ao mercado e cozinhar para deixar coisas saudáveis congeladas, assim você fica com comida pronta por alguns dias enquanto se organiza internamente.
  • Ligue para alguém que você pode falar sem filtros, para aquela pessoa de confiança que vai te acolher, te ouvir com atenção, e fale, fale, fale, fale, fale, fale.

Meu desejo profundo é que essas dicas, dentro da possibilidade de cada uma, levem ao caminho do retorno. Nesses últimos dias você precisou ser a pessoa política, agora é a hora de relembrar quem são as suas várias eus. Bom caminho de volta e agradeço a cada uma de vocês que no Brasil de 2020 teve coragem de se candidatar. Vocês são uma fonte de inspiração, coragem e estão construindo os caminhos para as mudanças.

 

Evelyn Gomes, nascida em Arapiraca-AL, é diretora e boba da corte do LabHacker – Laboratório focado em atuar nos pilares de política, arte e tecnologia com pedagogias de autonomias, graduada nas ruas de SP, cidade que adotou por 12 anos. Gestora Cultural e terapeuta social, estudiosa de cultura de paz, entre coordenações de projetos territoriais. Nas criações e gestão de projetos  está sempre olhando para como os grupos trabalham a respeitar as individualidades e atual na área de saúde mental de Ativistas e Parlamentares, como ativista atuou nos coletivos Baixo Centro e ônibus hacker, com diálogos entre ocupações de espaços públicos, autonomia e políticas a partir das pessoas.

 

**Os textos e artigos publicados com assinatura no nosso blog não traduzem, necessariamente, a opinião de Im.pulsa. São redigidos por parceiras ou pessoas interessadas que encaminham tais conteúdos para avaliação e a publicação obedece ao propósito de estimular o debate sobre a representatividade e participação de mais mulheres na política. 

 

e-mail

Fique por dentro!

Receba as novidades da Im.pulsa no seu e-mail