Im.pulsa

Autocuidado

Sobre a trilha

Uma campanha eleitoral pode ser um período muito intenso e difícil. Além do ambiente político ser mais hostil para mulheres do que homens (já ouviu falar em Violência Política de Gênero?), as candidatas sofrem também pressão da família, preconceito, inviabilização... a lista é grande. Por isso é preciso autocuidado! Reunimos aqui uma videoaula, algumas ferramentas e uma entrevista com uma psicóloga para de apoiar a enfrentar esse desafio com determinação, coragem e, principalmente, equilíbrio mental. Estamos juntas!

Outubro 2, 2020. Por Pavio

5 dicas de autocuidado durante a campanha eleitoral

Uma campanha eleitoral para as mulheres é um processo que exige autocuidado: coragem, determinação e, principalmente, equilíbrio mental. O período é intenso e muito difícil porque, além de o ambiente político já ser mais hostil para nós do que para os homens, como candidatas ainda causam pressão da família, preconceito, invisibilização e por aí vai. A lista é grande. 

São vários os desafios e dificuldades que podem fazer qualquer candidata dar uma certa pirada em algum momento da campanha, né? 

E agora? Como contornar ou lidar com esse processo de uma maneira menos traumática e mais gentil com você? Confia no processo e segura na nossa mão porque você não está sozinha! 

Listamos aqui cinco dicas de autocuidado para ajudar no período da campanha que aprendemos com a psicóloga Bruna Perillo. Mãe de duas mulheres e três felinos, ela é formada pela Universidade Newton Paiva, com especialização em Gestalt-terapia e, além disso, é co-fundadora da Escola de Empatia

DICA # 1

Fortaleça suas redes de apoio

Essa dica pode até parecer óbvia, mas ela é fundamental, porque sozinha você não vai conseguir lidar com esse período. Fortaleça suas redes de apoio e crie círculos de confiança! Assim, você terá a quem recorrer em momentos de estresse, ansiedade e também evitar atritos e desgastes. Essa dica vale para a sua família e, essencialmente, para a sua equipe. Afinal, é com ela que você passará a maior parte do seu tempo nessas semanas super intensas de campanha! 

A dica da Bruna é fazer exercícios de check-in e check-out com a sua equipe. E o que são esses exercícios? Eventualmente, tirar um tempo para conversarem antes de começarem o dia sobre quais são os sentimentos, conforme as expectativas e como necessidade desse momento. E, ao fim do dia, repetir o exercício para falar sobre como estão se sentindo e quais foram os desafios para aquele dia. 

“Exercícios de check-in e check-out colaboram na criação de vínculo, em reconhecer os propósitos, valores e produtividade do trabalho. Perceber e criar estratégias para momentos de descanso são essenciais para o sucesso de qualquer trabalho que precisa muito esforço físico e mental ”, Bruna Perillo, psicóloga.

Montar essa equipe, ainda que pequena, também é um passo que deve ser pensado para que você se cerque de pessoas que se identificam e vice-versa. Assim, ficará mais fácil se abrir com essas pessoas e ter um grupo de confiança para que você possa mergulhar sem medo nessa campanha. 

Nós temos uma cartilha com dicas para ajudar a localizar a chamar essas manas do peito para ajudarem! clica aqui e abre em uma nova aba para ler depois. 

DICA # 2

Foque no presente para lidar com ansiedade e expectativas

As suas expectativas e os outros em você são um gatilho enorme para a ansiedade. Que é o quê? Segundo a Bruna, é uma distorção temporal, que pode sofrer tanto por algo que está no passado e não temos mais ação sobre ele, como por algo do futuro, que ainda não temos resposta. Qualquer ser humano já gozo isso! 

E como lidar? Primeiro, o mais saudável aqui é buscar uma conexão com o tempo presente, focando nos valores e ações possíveis para lidar com aquela situação. “O que não tem remédio, remediado está”, conhece esse ditado? Foca nele! 

Anota também essas dicas da Bruna aí que são cristaizinhos para guardar no coração para os momentos que a ansiedade bater: 

  • Faça exercícios de respiração consciente (mesmo que seja por um minuto e de forma bem simples, apenas prestando atenção em como você respira);
  • Tenha um apoio psicológico ou uma pessoa que te escute de forma verdadeira e sem julgamentos. Todos nós precisamos de segurança para expressar angústias, medos e desafios, imagine durante uma campanha!
  • Exercícios de escrita também são uma forma de libertação emocional. Pegue um papel e sem reservas escrever todos os sentimentos e desafios que te incomodam e causam angústia, buscando perceber quais estão no campo da realidade e quais estão no campo da imaginação / projeção. Assim, o acesso a afeta fica mais claro e possível, diminuindo a angústia com o que não está ao seu alcance.

DICA # 3 

Controle o estresse 

O estresse existe em uma campanha, #fato. Uma candidata tem duas, três jornadas de trabalho diariamente. Esse ritmo pode gerar uma estafa do corpo e da mente. 

Saber lidar com o estresse é um passo significativo para que você consiga chegar bem até o fim desse longo processo. No geral, a dica aqui é: seja gentil com você! Para isso, Bruna listou algumas pequenas atitudes que podem te ajudar a reduzir, diminuir ou gerenciar o estresse: 

  • Busque manter uma rotina de alimentação e hidratação do corpo. 
  • Não negligencie o seu sono. Sério, ele é sa-gra-do! 
  • Busque ter sempre à mão anotações ou lembretes que apoiem sua rotina de trabalho e que você possa ter clareza do quanto aquele dia foi produtivo e realizador.
  • Busque, mesmo que breves, alguns minutos de pausa, uma música, uma leitura, uma contemplação, para recarregar as energias. 

Tenha sempre em mente, se possível anotado em um lugar visível, a resposta à seguinte pergunta: o que te motiva a estar nesta jornada? Estar em contato com nosso propósito nos deixa mais criativas na busca de enfrentar o enfrentamento.

DICA # 4 

Envolva sua família nesse processo

É muito comum que as candidatas se distanciem muito da família e amigos em períodos eleitorais por conta da demanda alta de trabalho, principalmente se essas pessoas não estão envolvidas nesse processo. 

Por isso, reconhecer sua rede de apoio é tão essencial. Pergunte-se: quem são as pessoas que te apoiam nesta jornada? Segundo Bruna, essa rede de apoio é o que fortalece e traz clareza que podemos ter qualidade nas relações mesmo enfrentando distância e menos convivência.

Toda relação é feita por duas pessoas! Então, use o (pequeno) tempo livre para uma ligação, uma mensagem ou uma chamada de vídeo se dedicando por inteiro aquela pessoa que você quer preservada os vínculos – mesmo no olho do furacão. 

Se você se sentir culpado, por exemplo, por sobrecarregar sua companheira ou seu companheiro com atividades diárias ou por não estar presente como gostaria para as suas filhas e os seus filhos, uma forma de analisar se essa culpa é válido é escutar a si e eles . 

“Analise se está agindo de forma incoerente com os seus valores e propósitos ou se você está cobrando demais, se comparando ou se encaixando a desejos de outrem. Reconhecendo isso, você pode criar novas estratégias de comportamento mais coerentes com você ”, Bruna Perillo, psicóloga.

Não importa o grau de envolvimento da sua família, das suas amigas e amigos; eles precisam fazer parte desse processo. Nós temos uma ótima videoaula com a Thais Ferreira que aborda como envolver a família, principalmente as crianças na campanha.

DICA # 5 

Organize suas finanças pessoais

Dinheiro pode ser uma dor de cabeça e você não precisa de dores de cabeça extras, não é mesmo? Ter suas finanças pessoais em dia também é uma forma de autocuidado! Criar metas realistas para uma relação mais saudável com o dinheiro está dentro da seara de “cuidar de si”. Acredita!

Entender e resolver sua situação com o dinheiro pode evitar que você gaste mais do que desviar durante uma campanha, assuma dívidas que não pode pagar ou acabar gastando todos os seus recursos pessoais. 

Para garantir que você terá controle e que caminhar em solo seguro durante a campanha, nós temos uma cartilha com estratégia para melhorar sua relação com o dinheiro! 

Planejamento financeiro pessoal da candidata

Como organizar suas finanças pessoais antes de entrar em uma campanha eleitoral.

Esperamos que essas dicas te ajudem a entender a importância de priorizar uma rotina de autocuidados e a ser gentil com sua equipe, sua família e, principalmente, com mesma você! Não queremos que uma campanha termine em trauma, mas que seja uma experiência de aprendizado valiosa!  

 

 

Pavio

O Pavio Criativo é um Estúdio de Soluções em Comunicação que atua em projetos com propósito. Temos ampla experiência em campanhas políticas e marketing eleitoral. Co-criamos e realizamos campanhas de impacto como a Im.pulsa e projeto Me Farei Ouvir, além de colaborar com outros tantos que alimentam nossa criatividade de propósito.

e-mail

Fique por dentro!

Receba as novidades da Im.pulsa no seu e-mail