Im.pulsa

Outubro 2, 2020. Por Im.pulsa

Como pedir dinheiro em um financiamento coletivo

Organize sua frente e bora!

Você, candidata, tem uma ferramenta poderosa para conseguir recursos para sua campanha: o Financiamento Coletivo. Se você usá-lo da melhor forma, ele fará toda a diferença na sua campanha.

Revise o calendário eleitoral para saber a partir de quando você pode colocar seu financiamento coletivo no ar.

E chega mais porque preparamos algumas dicas que vão te ajudar a conseguir o máximo de apoios. Bora lá?

Planejamento

1-Faça um orçamento da campanha

Faça Download

Na Im.pulsa tem uma Guia paramontar o Orçamento da Campanha, seja detalhista!

2-Estabeleça uma meta de arrecadação

Como esse dinheiro só vai cair na conta jurídica da candidatura nos primeiros dias de campanha, é bem importante levar em conta alguns pontos:

  • Não coloque todo o seu orçamento de campanha como meta, pois o financiamento coletivo não é a única forma de captar recursos;
  • Você pode definir a meta com base nos itens do orçamento que você vai precisar comprar ou pagar no início da campanha (panfletos, adesivos, contadora, entre outros).

3-Seu projeto político/Campanha defina bem a mensagem central

Faça Download

Dê uma olhada nos conteúdos de Comunicação na Im.pulsa!

4-Produza com antecedência

Produza um pacote de materiais de divulgação do financiamento coletivo: vídeos, mensagens, artes gráficas para redes sociais.

5-Mapeie influencers que você conhece

Faça uma lista com pessoas que você conhece e que possuem mais de 10 mil seguidores no Instagram.

6-Monte uma rede de polinizadoras

Além do recurso alcançado, o financiamento coletivo é sobre muita mobilização. Ajuda a divulgar sua campa- nha, identificar e aproximar quem te apoia.

Como as pessoas podem doar?

1- Monte uma lista com todos os seus contatos: pode ser a mesma lista que você montou no seu planejamento de campanha.

2- Identifique quem pode ser parte de um grupo de polinizadoras, quem vai divulgar a campanha, defender e pedir recurso.

3-Informe elas dos seus planos:

  • O dia do lançamento da campanha;
  • A meta de arrecadação e o orçamento;
  • Seu planejamento.

4- Peça para que sejam as primeiras doadoras no dia do lançamento. Idealmente, as doações delas devem somar de 20% a 40% da meta. Assim você gera a percepção de uma campanha viável e potencialmente vitoriosa. Isso estimula mais doações e maior aposta em você!

5-Explique o que é ser uma polinizadora: tarefas quase diárias de divulgação e pedidos de doações.

6-Elabore uma lista inicial de tarefas que você vai pedir para cada nova polinizadora fazer. Por exemplo:

  • Montar uma lista com pessoas para pedir doação;
  • Gravar um vídeo explicando porque ela apoia a cam- panha, dizendo que já doou e pedindo explicitamente para outras pessoas doarem também;
  • Entrar no grupo do Whatsapp e participar das divulga- ções e tarefas propostas no grupo.

7- Crie um grupo de Whatsapp das polinizadoras. É nesse grupo que você vai alinhar expectativas, metas, passar missões e acompanhar todo o processo. Ele precisa ser criado bem no início.

8- Defina metas de captação:

  • Valores que não são fáceis demais e nem impossíveis de conseguir, ambos podem ser desmotivadoras. Você pode definir metas diferentes para cada perfil de pessoa, de acordo com a rede de contatos dela;
  • A soma das metas individuais deve ultrapassar o valor total do financiamento coletivo, para ter uma margem de segurança.

9- Crie uma planilha coletiva de acompanhamento das doações e peça para as polinizadoras montarem uma lista com os nomes de quem vai pedir doações. Aqui é importante colocar na lista mesmo aquelas pessoas que vão contribuir com pouquinho.

10- Tenha uma conversa franca sobre as dificuldades e a necessidade de perder a vergonha de pedir.

11- Disponibilize uma sugestão de texto para pedir apoio à campanha. Mas muito cuidado para não pedir voto, não é o momento ainda!

Por exemplo:

“Olá [NOME], tudo bem? Aqui é a [NOME DA POLINIZADORA]! Deixa eu te perguntar, você já decidiu qual é sua candidata a [CARGO DA SUA CAMPANHA]?

Eu estou apoiando a candidatura da [NOME DA CANDIDATA], ela [MOTIVOS DO APOIO A ELA]. Além disso, precisamos eleger mais mulheres! E, não sei se você sabe, mas as mulheres recebem muito menos recurso para suas campanhas do que os homens.

Eu já doei para o financiamento coletivo da [NOME DA CANDIDATA]. Você topa doar também? Eu posso te mandar o link aqui da Plataforma ou, se você preferir, você me passa seus dados e eu te mando um boleto!”


13-
Na reta final da campanha, faça um mutirão de ligações. Mas deixe as polinizadoras avisadas sobre essa ação coletiva.

12- Compartilhe com elas as artes e façam postagens coordenadas.

14- Estimule a criatividade!

Lançamento da campanha:

Sua campanha começou! Agora que você já definiu meta de arrecadação, já mobilizou as pessoas que irão doar no primeiro dia e que irão polinizar sua campanha, você está pronta para fazer uma campanha de financiamento coletivo que tem grandes chances de ser um sucesso!

1- Lista para o dia do lançamento:

  • Sua lista de contatos de possíveis doadoras;
  • Polinizadoras ativadas em um grupo de Whatsapp e com suas listas de doadoras prontas;
  • Lembrete para as polinizadoras fazer em os primeiros apoios;
  • Materiais de divulgação, artes e textos para postagens;
  • Disparo de mensagem por Whatsapp e Messenger informando que o seu financiamento coletivo está no ar.

Dia a dia da campanha

1- Facilite as doações, mas não faça doações de outras pessoas usando seu nome e CPF. É possível gerar boletos para outras pessoas pagarem, mas é crucial que esteja com os dados delas.

2- Reserve algumas horas do dia para ligar para pedir doação à sua lista. Tome muito cuidado para não pedir voto, não é o momento ainda e é crime eleitoral!

Sugestão do que falar:

“Oi [NOME DA PESSOA], tudo bem? Aqui é a [SEU NOME].

Então, não sei se você está sabendo, mas eu sou pré-candidata a [CARGO]. Estamos com um projeto político bem legal [EXPLICAR BREVEMENTE AS IDEIAS DA CAMPANHA].

Daí, não sei se você sabe, mas as campanhas de mulheres costumam ter bem menos recursos e, por isso, é importante um engajamento da sociedade no apoio às nossas candidaturas. Posso contar com a sua doação? Pode ser qualquer valor. O mais importante pra mim é ter você como apoiadora desse nosso projeto.

E aí, posso contar contigo? Eu posso te mandar o link aqui, mas se preferir, me passa seus dados que eu gero um boleto pra você rapidinho!”

  •  Converse com as polinizadoras, isso vai manter a energia e motivação delas mais alta. Além de permitir receber críticas e sugestões e fazer “ajustes de rota” ao longo da campanha!
  • Toda semana, dê informações sobre os avanços da campanha tanto para as polinizadoras, quanto nas redes sociais.

Alguns marcos interessantes de divulgar:

  • Quando baterem os 100 e os 200 primeiras doadoras;
  • Quando baterem 20%, 50%, 80% e 95% da meta. Se sua campanha for grande, você pode divulgar tanto o avanço das metas, quanto o avanço no número de doadoras.

Reta final:

1- Ative todos os perfis de Instagram com mais de 10 mil seguidores que você já tinha mapeado. Tome muito cuidado para não pedir voto, não é o momento ainda e é crime eleitoral!

Sugestão de mensagem:

“Olá, tudo bem? Meu nome é [SEU NOME], sou pré-candidata a [CARGO]. E estou construindo um projeto político [EXPLICAR BREVEMENTE AS IDEIAS PRINCIPAIS].

E gostaria de saber se você poderia divulgar meu financiamento coletivo com o botão “arraste para cima” do seu perfil.

Se você ficar desconfortável em divulgar só a minha campa- nha, posso indicar aqui outras duas pré-candidatas para você divulgar também. Um dos principais entraves para campanhas de mulheres são recursos e divulgação… por isso estou te procurando! E aí, posso contar contigo?”

2-Depois da campanha

Faça Download


Acesse sua planilha de controle de doações e identifique quem disse que doaria e ainda não doou para contatar.

3- Mobilize um mutirão de ligações com as polinizadoras. Marque um dia e horário na casa de alguém, chame todas as polinizadoras e todo mundo junto vai ligar para os contatos que ainda não doaram!

4-Compartilhe o sucesso com todas e todos.

5-Publique os resultados. E se já estiver no prazo per-mitido, peça votos!

6- Celebre com as polinizadoras.

 

***

Conteúdo:
André Barreto, Isabela Messias, Letícia Medeiros e Thais Ferreira

Redação:
Isabela Messias

Redação Final e Edição:
Dandara Lima e Victor Soares

Design:
Paula Leal, Giulia Fagundes e Thaiz Leão

Facilitação:
Carol Delgado

Coordenação:
Alejandra Parra e Gabi Juns

 

Esses conteúdos foram desenvolvidos de forma colaborativa durante uma imersão, realizada em março de 2020, que contou com representantes de diversas organizações.

 

Im.pulsa

Plataforma online, aberta e gratuita para inspirar, treinar e conectar a próxima geração de mulheres líderes na América Latina, auxiliando-as a superar desafios e produzir campanhas políticas vencedoras. Oferece formação política para mulheres por meio de produtos práticos com linguagem acessível, afetiva, feita por e para mulheres.